O que seu site precisa ter para alcançar as primeiras posições do Google

O que seu site precisa ter para alcançar as primeiras posições do Google

O google aplica um algoritmo complexo para classificar os sites. Acredita-se que esse algoritmo seja composto por mais de 200 fatores de rankeamento.

Listamos aqui 7 itens dos 200 Fatores que ajudam a posicionar um site no Google:

1. Usabilidade do site
Nada melhor do que facilitar a vida do usuário que vai acessar o seu site. Nada de animações que estão no site por bonitinho. Tenha um site com navegação lógica, simples e intuitiva (o usuário não precisa pensar pra consumir teu conteúdo, ou saber quais sãos seus serviços), assim você ganha pontos no rankeamento. Como o Google entende se meu site tem boa usabilidade? O Google entende isso por meio de sinais dos usuários, como taxa de rejeição e tempo de permanência.

2. Mobile-friendly
Mobile-friendly como um dos principais fatores de rankeamento do Google. Já ouviu falar de design responsivo? Então um site que é mobile-friendly, se adapta a várias versões de tela, fica um layout bacana no computador e também no celular.

3. Estrutura da URL
Qual dos links abaixo te passa mais informação do que vai ter naquela página?

1 – https://site1.com.br/id=2&post=3;
2 – https://site2.com.br/aprenda-mais-sobre-marketing-digital;

Você deve ter optado pelo site 2;
O mesmo acontece com o GOOGLE.

A estrutura de URLs do site deve ser descritiva e amigável. Nada de usar aqueles números e códigos, ok? Tanto o usuário quanto o Google precisam entender o que as suas URLs contêm.

4. Localização do servidor
A localização física do servidor impacta no posicionamento do site?
Sim…
No vídeo abaixo, Matt Cutts explica que o Google olha o endereço IP do servidor, entre outros fatores, para identificar o país do site e priorizar sua exibição nessa região.

5. Certificado SSL e protocolo HTTPS
Em 2014, o Google informou que passaria a incorporar o uso do HTTPS aos fatores de rankeamento. Além de favorecer o SEO, esse fator é um sinal de segurança e credibilidade do site para o usuário.

6. Velocidade de carregamento
Em 2010, o buscador anunciou a inclusão desse critério no algoritmo das buscas desktop , e em 2018, adicionou às buscas mobile. Hoje, a velocidade de carregamento é um dos principais fatores de rankeamento do Google.

7. Frequência das atualizações
Se o Google identifica que a atualização da página é frequente, ele passa mais seguidamente para fazer o rastreamento e sempre tem conteúdo novo para mostrar na SERP, à frente de outros conteúdos desatualizados.

Fonte: https://rockcontent.com/br/blog/fatores-de-rankeamento-do-google/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *